Arquivo

Monthly Archives: Outubro 2013

Anúncios

COMUNICADO

A Comissão Organizadora da TOMADA URBANA ATO V, realizada pelo Sala Preta, de acordo com o art 19 do Edital para seleção de projetos publicado em 04 de junho de 2013 COMUNICA que o cumprimento integral deste edital dependia da captação de recursos por meio de incentivos fiscais ou outras fontes. Contudo a organização reservou-se no direito a interromper o processo de seleção e produção, por quaisquer motivos justificáveis especialmente concernentes aos recursos financeiros para o projeto.

 

COMUNICAMOS, portanto, que a legislação vigente para o fomento dos projetos culturais deste país não possibilitou que nosso projeto fosse captado. O projeto está inscrito em Lei Rouanet, cujo PRONAC é 133679, no valor de R$ 236.330,00. Dedicamos intensos esforços na mediação com patrocinadores de distintos portes e localidades, mas sem sucesso. Pelo exposto, nos obrigamos a declarar CANCELADO O EDITAL supracitado.

Mas, o SALA PRETA organiza a TOMADA URBANA desde 2009 ininterruptamente de forma autônoma e independente. Por isso, assumimos o compromisso de realizar a Tomada Urbana ATO V por outros meios da forma que trabalhamos nos últimos anos, na GUERRILHA. Por isso contaremos com apoios locais, e a parceria com grupos e instituições, além de hospedagens voluntárias, alojamentos e transportes alternativos. CONVOCAMOS aos inscritos os quais estejam dispostos a enfrentar este desafio conosco que entrem em contato com a produção para a análise das possibilidades de viabilização do projeto. Reservamo-nos no direito a entrar em contato com os grupos inscritos, e ainda convidar outros participantes de acordo com a conveniência, disponibilidade e viabilidade de cada grupo, artista ou projeto.

Não publicaremos uma relação de propostas selecionadas, por consideramos nulo o processo de seleção e avaliação.  Contaremos com a dedicação e empenho dos interessados em persistir com a arte livre e urbana pelas ruas das cidades. Dessa forma cumpriremos nosso compromisso em ampliar as redes de contato entre os artistas urbanos de todo o país e do mundo.

Reforçamos nossos agradecimentos com muito carinho a cada um dos proponentes. O atendimento ao nosso chamado nos estimula ainda mais a lutar contra o sistema injusto que concentra os recursos públicos destinados à cultura, em sua maioria, em ações comerciais pouco preocupadas com a transformação e o progresso de nossa sociedade.

Como somos atores/índios de Timburibá, bradamos: COTY RECÓ TAQUARA AICÓ UBIA UI Í – “Enquanto tiver bambu é flecha neles.”

EVOÉ!

Barra Mansa, 01 de outubro de 2013

SALA PRETA

Danilo Nardelli

Presidente