INSTITUTO CLÉCIO PENEDO E O NASCE UMA CIDADE 2014

SALA PRETA E INSTITUTO CLÉCIO PENEDO PROMOVEM PARCERIA

Nasce - SP e ICP

CIDADÃOS ARQUITETOS DA HISTÓRIA

No dia 12 de março o Coletivo Teatral Sala Preta se reuniu com o Instituto Clécio Penedo (ICP) e celebraram uma parceria para a realização do projeto Nasce Uma Cidade 2014 – Cidadãos Arquitetos da História. O objetivo é dar continuidade a uma ação que desde 2010 celebra o aniversário de Barra Mansa. Este ano o projeto além de homenagear a cidade, ainda honra dois ícones da arte brasileira, profundamente ligados ao município, Flávio de Carvalho e Clécio Penedo. O desfile cívico-cênico contará a história de Barra Mansa tomando como referência a obra desses artistas.

O encontrou ocorreu em Barra Mansa entre o ator Danilo Nardelli, presidente da Associação Coletivo Teatral Sala Preta, o produtor e vice presidente Marcelo Bravo e a Sra. Antonieta Penedo, presidente do ICP. “O que o Sala Preta propõe está perfeitamente alinhado com as propostas do ICP”, declarou Antonieta, ao destacar as ações para a promoção da cultura em Barra Mansa. “Eu sou muito entusiasmada com a juventude. Nós temos que estimular que mais jovens promovam ações como essas”, afirmou. “Nós também queremos manter viva a obra do Clécio”, afirmou Danilo, após Antonieta declarar que “este ano vamos tirar definitivamente o Clécio da sepultura”.

Para Bravo a parceria potencializará o projeto de inúmeras formas. “Quando duas organizações comprometidas com a preservação da memória e a propagação da cultura da cidade se unem muitas portas podem se abrir, tanto para a captação de recursos, quanto para a execução do projeto”, afirmou. O produtor espera ainda que outros projetos possam ser desenvolvidos a médio e longo prazo. “A cidade reconhece o legado artístico que Clécio Penedo deixou, e também já se identifica com o Sala Preta. Estamos tratando de artistas e organizações que, apesar de épocas diferentes, provocam estímulos convergentes nos setores que atuam”, concluiu.

Na ocasião a presidente do ICP apresentou os desafios que enfrenta desde sua criação no ano do falecimento de Clécio Penedo, em 2004 e ainda apontou alguns acontecimentos importantes que estão por vir em Barra Mansa. Em seguida Danilo contextualizou o projeto Nasce Uma Cidade, e revelou sobre a homenagem ao artista.  “Estamos num movimento constante de ações em rede entre atores culturais em busca de uma identidade plural no Brasil. O Clécio tem isso muito forte em sua obra. Ele buscou a identidade brasileira e fez muito disso em Barra Mansa. Por isso o Sala Preta e o ICP poderão se fortalecer muito com essa parceria”, declarou o ator.

Este ano as duas organizações planejam ações que visam ampliar a participação e atuação na cidade. O projeto Nasce Uma Cidade será a ferramenta fundamental para o fortalecimento de ambas. Um clima de entusiasmo tomou conta da reunião quando a Sra. Antonieta Penedo declarou “O Instituto Clécio Penedo vai adotar o Sala Preta. Como um filho! Eu acredito muito no trabalho de vocês, e tenho certeza que poderemos contribuir muito um com o outro”, estava firmada a parceria.

Conheça Clécio Penedo

Nascido em 14 de dezembro de 1936, na cidade de Bom Jardim, em Minas Gerais, Clécio Penedo inicia seus estudos artísticos na Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro, no ano de 1954, deixando-a em 1956. Como herança destes dois anos, Clécio Penedo dedica-se à pintura a óleo e, pelos dezessete anos seguintes, desenvolve grande acuidade técnica e uma pintura mimética. Mas, é no ano de 1973 que Clécio Penedo inicia sua formação artística fundamental, ao ingressar no Centro de Pesquisa e Arte, no Rio de Janeiro, estudando com Ivan Serpa e Bruno Tauz. Durante seus dois anos de estudos com o grupo, Clécio Penedo desenvolve uma pesquisa imagética interpenetrada por figuração e abstração que, em Notas de um Percurso Gráfico, evidencia-se nas séries Geróticos, Inominados e Corpo sem Cabeça. Após sua saída do Centro de Pesquisa e Arte, Clécio Penedo ingressa nos cursos de calcogravura e desenho, do Museu de Arte Moderna, também no Rio de Janeiro, com Aluízio Carvão e Eduardo Sued. Ao longo de sua juventude, Clécio Penedo vive um conturbado período histórico brasileiro, o que, mais tarde, subsidiará a constante presença, em sua obra, de temáticas sociais e culturais. Clécio Penedo foi educador, secretário de educação e diretor da então faculdade de artes do UBM (Centro Universitário de Barra Mansa). Clécio faleceu em 2004, vítima de câncer aos 67 anos.

Saiba mais sobre o Nasce Uma Cidade em www.salapreta.wix.com/nasce.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: